Show simple item record

dc.contributor.advisor Wasielesky Junior, Wilson
dc.contributor.author Suita, Sabrina Medeiros
dc.date.accessioned 2012-09-18T02:52:46Z
dc.date.available 2012-09-18T02:52:46Z
dc.date.issued 2009
dc.identifier.citation SUITA, Sabrina Medeiros. O uso da dextrose como fonte de carbono no desenvolvimento de bio-flocos e desempenho do camarão-branco (Litopenaeus vannamei) cultivado em sistema sem renovação de água. 2009. 49f. Dissertação (Mestrado em Aqüicultura) - Universidade Federal do Rio Grande, Rio Grande, 2009. pt_BR
dc.identifier.uri http://repositorio.furg.br/handle/1/2526
dc.description Dissertação(mestrado)- Universidade Federal do Rio Grande, Programa de Pós-Graduação em Aqüicultura, Instituto de Oceanografia, 2009. pt_BR
dc.description.abstract O objetivo deste trabalho foi avaliar o efeito da dextrose como fonte de carbono no desenvolvimento de bio-flocos, além da sua contribuição para manutenção da qualidade da água e para o desempenho de juvenis de camarão-branco (Litopenaeus vannamei) cultivados em sistemas super-intensivos sem renovação de água. Foram empregados dois tratamentos Dextrose e Melaço com quatro repetições cada. A adição de carbono foi realizada mantendo-se uma relação C:N de 20:1 e C-N-AT de 6:1. Os parâmetros físicos e químicos da água como temperatura, pH, salinidade, oxigênio dissolvido e transparência (Secchi) foram monitorados diariamente. O crescimento dos camarões foi monitorado mediante biometrias periódicas. Ao final do experimento os camarões remanescentes em cada tanque foram contados para determinar a taxa de sobrevivência e a biomassa produzida em cada tratamento. A taxa de conversão alimentar foi calculada a partir do ganho de peso e da quantidade de ração consumida pelos camarões. Durante o experimento amostras foram coletadas a cada três dias para avaliar carbono orgânico dissolvido, clorofila-a, sólidos em suspensão, volume dos flocos e as concentrações de amônia, nitrito, nitrato e fosfato. A composição de microrganismos presentes na água e nos flocos microbianos foram quantificados e qualificados por grupos. Os parâmetros de qualidade de água mantiveram-se dentro de faixa aceitável para o cultivo desta espécie. A transparência da água do cultivo parece ter tido influência sobre o desempenho da comunidade microbiana. Pode-se verificar que ambos os tratamentos tiveram mesmo desempenho no controle de amônia, embora a formação dos bio-flocos tenha ocorrido com maior antecedência no tratamento Melaço. Ainda que para formação de bio-flocos tenham ocorrido diferenças nas duas primeiras semanas experimentais, pode-se notar um melhor desempenho dos camarões no tratamento com uso de dextrose, contudo, os altos níveis de nitrito podem ter causado baixas taxas sobrevivências e peso médio final em ambos os tratamentos. A partir dos dados obtidos no presente estudo, pode-se sugerir que o uso da dextrose, como fonte de carbono possa proporcionar melhores índices zootécnicos para o cultivo de Litopenaeus vannamei em sistemas super-intensivos sem renovação de água. pt_BR
dc.description.abstract The objective of the present study was to evaluate the effect of dextrose as carbon source in bio-flocs development, as well as, its contribution to water quality maintenance and performance of Litopenaeus vannamei juveniles reared in superintensive system without water exchange. They were used two treatments, dextrose and molasses, with four replicates each. The carbon addition was carried out maintaining a C:N ratio of 20:1 and a C:TA-N ratio of 6:1. The physical and chemical water parameters, as temperature, pH, salinity, dissolved oxygen and transparency (Secchi) were daily monitored. The shrimps growth was monitored through periodic biometries. At the end of experiment, the remaining shrimps in each tank were counted to determine the survival rate and the biomass produced in each treatment. The feed conversion rate was calculated through the weight gain and the amount of consumed feed. During the experiment, they were collected samples, every three days, to evaluate the concentrations of dissolved organic carbon, chlorophyll a, suspended solids, flocs volume, ammonia, nitrite, nitrate and phosphate. The microbial composition present in the water and in the microbial flocs was quantified and classified by groups. The water quality parameters were within the acceptable range for the species rearing. The water transparency seemed to influence the microbial community performance. It was verified that both treatments demonstrated same performance on ammonia control, although, bio-flocs formation has earlier occurred in molasses treatment. Although differences have occured in bio-flocs formation, during the first two experimental weeks, it was noted better shrimps performance in dextrose treatment, however, the high nitrite levels may have caused low survival rate and final weight in both treatments. The data obtained in this study suggest that the dextrose use, as carbon source, can provide better zootechnical indexes for the culture of Litopenaeus vannamei in super-intensive system without water exchange. pt_BR
dc.language.iso por pt_BR
dc.rights open access pt_BR
dc.title O uso da dextrose como fonte de carbono no desenvolvimento de bio-flocos e desempenho do camarão-branco (Litopenaeus vannamei) cultivado em sistema sem renovação de água pt_BR
dc.type masterThesis pt_BR


Files in this item

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record

Search DSpace


Browse

My Account

Statistics