Show simple item record

dc.contributor.advisor Soares, Leonor Almeida de Souza
dc.contributor.author Feddern, Vivian
dc.date.accessioned 2012-11-06T18:24:30Z
dc.date.available 2012-11-06T18:24:30Z
dc.date.issued 2007
dc.identifier.citation FEDDERN, Vivian. Influência da composição e da fermentação na biodisponibilização de nutrientes em multimisturas. 2007. 122f. Dissertação (Mestrado em Engenharia e Ciência de Alimentos) - Universidade Federal do Rio Grande, Rio Grande, 2007. pt_BR
dc.identifier.uri http://repositorio.furg.br/handle/1/2687
dc.description Dissertação(mestrado) - Universidade Federal do Rio Grande, Programa de Pós-Graduação em Engenharia e Ciência de Alimentos, Escola de Química e Alimentos, 2007. pt_BR
dc.description.abstract As misturas à base de farelo de cereais, popularmente denominadas de multimisturas, vêm se destacando no combate a desnutrição infantil em comunidades de baixa renda, por serem um suplemento de baixo custo e por aportarem nutrientes como minerais, vitaminas e proteínas. Este trabalho objetivou avaliar a biodisponibilização de nutrientes em multimisturas através da alteração da composição e de um processo fermentativo. Para tal, foi realizada a caracterização físico-química e nutricional dos farelos de arroz fermentado e não fermentado e foram também elaboradas, caracterizadas físico-química e nutricionalmente e avaliadas biologicamente oito multimisturas que diferiram quanto ao tipo de farelo (trigo ou arroz); presença ou ausência de pó de folha de mandioca; submetidos ou não a processo fermentativo em estado sólido com Saccharomyces cerevisiae durante 6h a 30ºC. As multimisturas foram peletizadas constituindo as dietas que foram administradas em ratas da cepa Wistar/UFPEL, avaliadas pelo coeficiente de eficiência alimentar, razão de eficiência protéica, razão de eficiência líquida protéica e digestibilidades in vivo aparente e verdadeira. Foram realizados ainda testes bioquímicos como determinação de glicose sanguínea e cálcio plasmático nas ratas. Os resultados permitiram concluir que a fermentação do farelo de arroz ocasionou uma diminuição nos valores de pH, metionina disponível e carboidratos, proporcionando um aumento da acidez, dos açúcares redutores, cinzas e fibras. Os teores de cálcio, proteína e lipídios não foram alterados. As multimisturas com farelo de arroz apresentaram médias dos teores de lipídios (18,1%), cinzas (14,1%), fibras (7,8%), acidez (3,1%), digestibilidade in vitro (80,8%) mais elevadas do que as multimisturas com farelo de trigo, as quais, por sua vez, apresentaram teores de proteínas (14,5%), carboidratos (68,9%) e pH (7,8) maiores que as com farelo de arroz. A fermentação, em algumas multimisturas, ocasionou aumento nos conteúdos de proteínas, minerais, fibras e acidez, porém uma diminuição dos carboidratos, metionina disponível e pH. Com relação aos efeitos biológicos, a fermentação ocasionou aumento no coeficiente de eficácia alimentar na maioria das multimisturas, não influenciando o quociente de eficiência protéica, o quociente de eficiência líquida protéica, a digestibilidade in vivo ou in vitro, a glicemia e o cálcio plasmático. A presença da folha de mandioca não influenciou na composição físico-química das multimisturas, mas tendeu a apresentar melhores coeficientes de eficácia alimentar que as demais multimisturas. As multimisturas contendo farelo de trigo apresentaram valores de digestibilidade in vivo superiores às multimisturas com farelo de arroz. pt_BR
dc.description.abstract The mixtures based on cereal brans, popularly denominated “multimisturas”, are standing out to combat infantile malnutrition in communities of low income, by being a low cost supplement and for containing nutrients, such as minerals, vitamins and proteins. In virtue of existence controversies on the real nutritional value of the “multimisturas”, this work aimed at evaluating the bioavailability of nutrients in “multimisturas” by altering the formulation and a fermentative process. Therefore, it was made the physical-chemical and nutritional characterization of fermented and not fermented rice bran, and it was also elaborated, characterized physical-chemical and nutritionally and biologically evaluated eight “multimisturas”, which differed from each other by the source of bran (rice or wheat bran), presence or not of cassava leaf powder and being or not submitted to a solid-state fermentation process with Saccharomyces cerevisiae during 6h at 30ºC. The “multimisturas” were manually made in pellets, constituting the diets, which were administered in female Wistar/UFPEL rats. The diets were evaluated by Food Efficiency Ratio (FER), Net Protein Ratio (NPR), Protein Efficiency Ratio (PER) and apparent and true in vivo digestibility. Biochemical tests as the blood glucose determination and plasmatic calcium in female Wistar/UFPEL rats were also realized. The results allowed concluding that the fermentation of the rice bran caused a decrease on pH, available methionine and carbohydrates, providing an increase of the acidity, reducing sugars, ashes and fibers. Calcium, protein and lipids contents were not altered. The “multimisturas” with rice bran presented averages of lipids (18,1%), ashes (14,1%), fibers (7,8%), acidity (3,1%), in vitro availability (80,8%) higher than the “multimisturas” with wheat bran, which presented proteins (14,5%), carbohydrates (68,9%) and pH (7,8) values higher than the “multimisturas” with rice bran. In some “multimisturas”, the fermentation caused an increase in proteins, fibers, acidity, but a decrease in carbohydrates, available methionine and pH. With relationship to the biological effects, the fermentation caused a FER increase in most of the “multimisturas”, not influencing PER, NPR, in vivo or in vitro digestibility, glycemia and plasmatic calcium. The presence of cassava leaf, didn't influence the physical-chemical composition of multimisturas, but it tended to present better FER that the other ones. The “multimisturas” containing wheat bran presented higher values of in vivo digestibility than those with rice bran. pt_BR
dc.language.iso por pt_BR
dc.rights open access pt_BR
dc.subject Avaliação biológica pt_BR
dc.subject Biodisponibilidade pt_BR
dc.subject Digestibilidade in vivo pt_BR
dc.subject Multimistura pt_BR
dc.subject Ratos pt_BR
dc.subject Biological evaluation pt_BR
dc.subject Bioavailability pt_BR
dc.subject In vivo digestibility pt_BR
dc.subject Rats pt_BR
dc.title Influência da composição e da fermentação na biodisponibilização de nutrientes em multimisturas pt_BR
dc.type masterThesis pt_BR


Files in this item

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record

Search DSpace


Browse

My Account

Statistics